Sousplat – Festas Populares

O Sousplat é, como o nome indica, uma peça que fica sob o prato.

É o equivalente a um prato, maior do que os outros, tradicionalmente em loiça, cuja função é servir de base e apoio na mesa.

Ao longo dos anos a sua funcionalidade tem vindo a aliar-se à estética, reforçando cada vez mais as suas características decorativas, sobretudo em eventos de maior formalidade. Actualmente, são confeccionados nos mais diversos materiais e modelos, sofisticados ou rústicos, a imaginação torna-os em molduras de loiça cada vez mais surpreendentes, sendo muitas vezes o destaque das decorações das mesas.

Cá em casa estão sempre presentes, mesmo quebrando a regra de utilizar este item em refeições onde apenas um prato é servido. Para além de quebrar a monotonia da decoração de rotina no dia-a-dia, protegem as mesas da variação da temperatura, estabilizam a loiça e protegem as toalhas das nódoas. Se optar por servir os pratos já preparados também servem de marcadores de lugares na mesa.

Não confunda o Jogo Americano com o Sousplat. O Jogo Americano é uma base para pratos, talheres e copos enquanto o Sousplat e apenas uma base para pratos (ainda que, por vezes, a sua dimensão nos tente a apoiar neles os talheres). Outra diferença entre estes dois itens é que o Sousplat é retirado da mesa, antes de servir a sobremesa.

A etiqueta exige que opte por utilizar ou um Sousplat, em situações mais formais, ou o jogo americano, para situações mais informais. Mas como a etiqueta decidiu, e bem, aliar-se à modernidade, quem sabe onde a imaginação nos pode levar…

Ao colocar o Sousplat sobre a mesa, reserve uma margem de cerca de 2,5 cm em relação à borda da mesa, não só em benefício da estética mas também como prevenção de potenciais acidentes com a louça ou com a roupa dos seus convidados.

Os Sousplat que lhe mostramos foram criados por nós. São muitos simples de fazer, com materiais muito económicos, e vão alegrar a sua mesa e garantir sorrisos nos seus convidados. Inspirámo-nos nas festas populares, com os seus balões e bandeirolas coloridos, os manjericos, martelinhos e os trajes das marchas populares.

Atreva-se a por mãos-à-obra e a personalizar as suas festas. Acredite que vai fazer toda a diferença.

Materiais:

  • Cordão grosso em tom cru (aproximadamente 11 metros de cordão de 0,5 cm por individual);
  • Trapilho colorido;
  • Círculos de feltro em tom cru;
  • Agulha e linha em tom cru;
  • Cola quente.

Preparação:

1 – Corte 4 círculos em feltro de 38 cm de diâmetro cada.

2 – Marque o centro do círculo e inicie a colagem do cordão em espiral, prendendo o cordão ao círculo com cola quente. Deixe secar bem e reforce, cosendo de forma invisível, o cordão ao feltro, com linha no mesmo tom. Prenda apenas ligeiramente as últimas duas voltas do cordão para que posteriormente possa amarrar o trapilho nelas.

3 – Corte fitas de trapilho com cerca de 20 cm de comprimento em várias cores.

4 – Amarre o trapilho em cores alternadas conforme as fotografias.

Agora é só criar mil e uma decorações de festa.

E porque não oferecer um conjunto destes individuais a alguém que estima? Lamentavelmente, por vezes deslumbramo-nos por peças em lojas de renome, criadas por mãos de países longínquos, em total desrespeito com os direitos que acreditamos defenderem a dignidade do ser humano, produzidas em condições degradantes, sem remunerações adequadas, contribuindo inconscientemente para perpetuar este ciclo vicioso de exploração, quando, com muito pouco, podemos criar peças originais de forma gratificante.

Bom trabalho!

A Mãe

 

(Visto 171 vezes, 1 visitas hoje)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.