Natal 2019 – O Meu Olhar para Tu Veres

Bem-vinda(o) a nossa casa!

Chegou a altura de lhe apresentar a nossa decoração de Natal para este ano.

Optámos pela paleta de tons rosa e dourado. Pela primeira vez, fugimos das cores tradicionais de Natal e gostámos tanto do resultado que para o ano vamos arriscar novamente.

A porta está entreaberta…pode entrar.

Os anjos foram as peças basilares desta decoração, todos eles artesanais e criados pela Mãe.

Utilizamos espanadores brancos para recriar o efeito neve na árvore e preencher os seus espaços. A nossa árvore tem os galhos muito espaçados e beneficia com a introdução destes elementos.

Pode observar em pormenor a sua decoração. Algumas das bolas utilizadas foram feitas por nós forrando bolas de esferovite/isopor com “cristais” e purpurinas nos vários tons de rosa.

Como referimos em artigos anteriores, nós gostamos de elevar a Árvore de Natal para criar uma base que será preenchida com alguns elementos decorativos.

A peça principal da base da nossa árvore é um brinquedo que tem passado por várias gerações na nossa família. Um cavalo de ferro da marca inglesa Mobo, dos anos 40. Originalmente do Pai, este cavalo guarda mil memórias felizes em família. Funciona a pedal e muitos de nós galopámos nele por vales e montes da nossa imaginação de criança. O tempo deixou-lhe algumas marcas na pintura, pelo que resolvemos restaurá-lo e atribuir-lhe o papel principal.

O nosso Olhar prendeu-se numa cesta, que também adoramos. Resolvemos pintá-la de dourado e colocar-lhe algumas bolas douradas, entrelaçadas com gambiarras de luz.

Outra peça que compõe a base é uma casinha de Natal que a Mãe me ofereceu há alguns Natais atrás. Parece ter sido feita para este cenário.

Lanternas brancas, gnomos, fadas e alguns presentes nos tons da decoração completam a visão que tínhamos para esta árvore.

Recomendamos muitas luzes na árvore para criar o efeito Tchanan!

Na lareira, colocámos uma coroa de pinheiro artificial decorada com uma casa para passarinhos de madeira, à venda em lojas de animais e superfícies comerciais. Pintámos a casa, colocámos-lhe um telhado composto por cascas de árvore douradas e adornámos com purpurinas. Depois foi só colocar um passarinho de Natais passados e algumas flores de Natal ao tom.

Nesta coroa colocámos umas gambiarras a pilhas fantásticas do DeBorla. Cintilam e tudo!

O Anjo que vê sentado foi criado pela Mãe, em pano. Clique aqui para o ver melhor.

Pormenores…

Nos aparadores, criamos arranjos de Natal com rosas brancas e pinheiro natural. O anjo que pode observar ajoelhado também é uma criação da Mãe. Clique aqui para o conhecer em pormenor.

Optámos por colocar algumas almofadas em rosa e dourado para coordenar com os tons escolhidos.

Relíquias de Natais passados surgem num pequeno baú. Peças de grande valor sentimental de avós e bisavós, cuidadosamente conservadas, com o carinho com que conservamos a memória daqueles que o tempo levou.

Uma escada no Natal tem obrigatoriamente de ser decorada, e a nossa não foge à regra.

E porque os patudos também têm direito…

Falamos apenas de cenários, mas o mais importante, neste mundo confuso e desequilibrado, é a preservação de alguns valores que consideramos fundamentais.

Deixe que o verdadeiro espirito do natal seja um deles…

Desejamos que neste Natal todos tenham uma mão amiga, um prato de comida e algum conforto…e já agora, a sorte da amizade incondicional de um patudo.

Feliz Natal!

Mãe e Filha

(Visto 1 vezes, 1 visitas hoje)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.