Filhós de forma

Estas filhós ficam estaladiças e são uma alternativa às tradicionais (confessamos que as tradicionais filhós não são muito apreciadas na nossa casa).

Para fazer esta receita necessita formas para filhós em ferro fundido. São fáceis de encontrar nos supermercados ou lojas chinesas. Escolha formas grandes para lhe facilitar o trabalho.

Ingredientes:

  • 300 g de farinha de trigo;
  • 0,5 l de leite;
  • 3 ovos;
  • 3 gemas;
  • Sumo e raspa de uma laranja;
  • 1 colher sopa de açúcar;
  • 60 g de margarina;
  • Açúcar em pó e canela q.b. para polvilhar;
  • Óleo/Azeite q.b.
  • Sal q.b.

 

Preparação:

Coloque a farinha numa taça e acrescente uma pitada de sal.

Misture o açúcar, os ovos, as gemas e a raspa e sumo de laranja batendo sempre. Envolva gradualmente a farinha e posteriormente o leite frio, em fio, mexendo sempre.

Depois de misturada, passe esta massa por um passador para eliminar possíveis grumos.

Seguidamente, derreta a margarina e junte-a ao preparado mexendo tudo muito bem.

Prepare as suas formas de filhós.

Ponha a aquecer o óleo ou azeite na sua fritadeira (lembro-me que a minha avó as fazia numa panela numa mistura de azeite e banha).

Mergulhe as formas no óleo para aquecerem e escorra-as em papel absorvente. Não as deixe aquecer demasiado.

Mergulhe a forma na massa sem ultrapassar a borda (para conseguir desenformar as filhós). Mergulhe a forma no óleo/azeite e aguarde.

Após alguns instantes, as filhós descolam-se. Abane ligeiramente para facilitar.

Se a temperatura não for a ideal, pode ter de recorrer à ajuda de uma faca para as soltar.

Nas primeiras filhós vai, provavelmente, ter algumas dificuldades, mas assim que acertar na temperatura do óleo, vai desvendar o segredo desta iguaria. A temperatura deve ser média e constante. Frite poucas de cada vez. Não desista porque vai valer a pena.

Quando estiverem douradas, retire-as e coloque-as em papel absorvente.

Nesta fase, vai necessitar de um par de mãos extra para as passar por açúcar e canela e as colocar na taça de servir.

Vai gerar momentos em família que vão ser recordados mais tarde, associados a aromas e sabores, esta é a magia da cozinha.

A Filha

(Visto 239 vezes, 1 visitas hoje)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.