Geleia de Malagueta Vermelha

Esta geleia de Malagueta Vermelha ou pimenta Dedo-de-Moça, como é conhecida no Brasil, é uma experiência a repetir.

Cá em casa adoramos comidas picantes, e quando digo picantes, refiro-me a um nível considerado anormal/excessivo pelo comum dos mortais. O meu pai fazia habitualmente as suas refeições mordiscando uma malagueta, que colocava ao lado do prato, e hoje dou por mim a repetir o padrão.

Nas minhas viagens pelo mundo tenho experimentado imensos pratos picantes e confesso que só fiquei envergonhada uma vez…em pleno México.

Sofri o justo castigo da gabarolice e fiquei com a boca e a língua anestesiadas durante algum tempo…até à base. Comi uma colher de sopa do piripiri mais agressivo que tinham. Se me arrancassem um dente na altura penso que não sentiria absolutamente nada. Serviu-me de emenda, juro!

Mas vamos ao que interessa. Na receita que lhe trago, pode controlar o grau ardência consoante a quantidade de malaguetas que utilizar. Nunca se esqueça de que o picante é como a água tónica: aprende-se a gostar.

Por curiosidade, sabia que a ardência é causada pela substância Capsaicina, e medida pela Escala de Scoville?

Ingredientes:

  • 5 a 10 pimentas dedo de moça (consoante o grau de ardência pretendido);
  • 1 Dente de alho pequeno;
  • 2 Maçãs pequenas sem casca e sem sementes picadas;
  • 1 Chávena de açúcar;
  • 1/4 Chávena de água;
  • 1/4 Chávena de vinagre de maçã;
  • Sal q.b.

Preparação:

Prepare as malaguetas, cortando-as ao meio e retirando com a ajuda de uma colher de chá as sementes e as partes brancas. Corte-as em 3 pedaços.

Triture as malaguetas, a maça, o alho picado e a água numa picadora eléctrica.

Coloque a mistura numa panela juntando o açúcar, o vinagre e uma pitada de sal. Mexa com uma colher e leve a fogo baixo até atingir a consistência de geleia.

Pode levar cerca de a 10-15 minutos mas confirme colocando um pouco num prato e passando uma colher no meio. Se o rasto da colher se mantiver algum tempo, a geleia está pronta. Atingiu o ponto de estrada.

Para conhecer um método infalível para conservar geleias e compotas durante mais tempo clique aqui.

Pode utilizar esta geleia em carnes e peixes. Nós experimentamos numa bela costeleta de novilho grelhada. Divinal!

Bom apetite!

A Filha

Para conhecer outras receitas de compotas e geleias clique em cima dos nomes:

Geleia de Marmelo com açúcar gelificante

Marmelada à moda da Avó Emília  

(Visto 210 vezes, 86 visitas hoje)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.